Ceron diz que investimento no sistema de Cerejeiras irá melhora qualidade da energia e movimentar economia da região

125

Os mais de 53 mil moradores de quatro municípios da região conhecida como Cone Sul vão ter energia de mais qualidade. É que foi iniciada a elaboração os projetos de subestações e linhas do Sistema de Cerejeiras que vai atender os clientes da Ceron Energisa nas cidades de Colorado do Oeste, Cabixi, Cerejeiras, Pimenteiras, Corumbiara, Chupinguaia e ainda os distritos de Urucumacuã e Planalto São Luiz. A obra, orçada R$ 35 milhões, é composta de duas grandes frentes de construção e montagem: Subestações e Linhas, empreendimentos que envolvem etapas de construção civil, montagem eletromecânica, comissionamentos e testes.

Fazem parte do empreendimento duas entradas de linha nas subestações de Colorado e Corumbiara e, interligando essas localidades, uma linha de transmissão de 69 kV com aproximadamente 80 Km de comprimento. Será implantada também uma tecnologia que permite supervisão e controle, ou seja, o pronto restabelecimento remoto via automação do sistema integrado ao COI – Centro de Operação Integrado e monitorado em regime de tempo integral. Além de aprimorar a qualidade de energia para os clientes, o Sistema de Cerejeiras vai possibilitar o atendimento de novos consumidores, ampliando a capacidade do sistema. “Vamos atender principalmente os setores de secagem de grãos, frigoríficos e resfriamento de leite”, afirma Henrique Rodovalho, Gerente de Manutenção da Transmissão – DEMT. Toda essa movimentação vai mexer com a rotina dos setores de serviço das cidades, em especial hotéis, restaurantes e postos de combustível.

Comentários