Deputado eleito Sargento Eyder Brasil permanece e afirma “fui alvo da imprensa marrom” – Vídeo

1170

O deputado estadual eleito Sargento Eyder Brasil (PSL), conversou com a equipe do jornal eletrônico JH Notícias sobre a recente decisão da Justiça Eleitoral, que negou o provimento de ação movida pelo Ministério Público Eleitoral – MPE, solicitando o indeferimento do registro de toda a legenda em decorrência do suposto não cumprimento do partido da exigência judicial da cota de mulheres.

Nesta última terça-feira (13) o Tribunal Superior Eleitoral – TSE, decidiu mais uma vez manter a nominata do PSL em Rondônia, porém, indeferiu o registro de uma das candidatas, fato que gerou diversos boatos na imprensa sobre a permanência ou não de Eyder como deputado eleito.

Mas, o deputado eleito esclareceu que não houve mudança nenhuma, e que ele apenas teria sido alvo de ataques de pessoas e veículos de comunicação intencionados em desestabilizar seu futuro mandato.

“O nosso DRAP já havia sido considerado regular pelo TRE e depois pelo próprio TRE, ontem foi votado um recurso do MPE, que mais uma vez foi negado pelas instancias superiores, o que significa que nosso mandato permanece, indo de encontro ao que algumas pessoas e alguns jornais de credibilidade duvidosa estão mencionando, obrigado ao apoio de todos e aos nossos amigos que estão juntos nessa luta pela mudança na política de nosso estado”, afirmou o deputado eleito Sargento Eyder Brasil.

Eyder ainda afirmou que está diariamente trabalhando para começar fazer a diferença na Assembleia Legislativa a partir do primeiro dia de seu mandato, que começa no dia 01 de fevereiro de 2018. Ele será o principal apoiador do governador eleito Marcos Rocha (PSL) dentro do Legislativo, levando as propostas e ações do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL).

O respeito à imprensa também foi um dos pontos abordados por Eyder, que há pouco tempo atrás chegou a ser acusado de ter sido ofensivo com jornalistas rondonienses. Para ele, o que aconteceu foi justamente situações como essa, onde seu nome foi exposto de forma negativa apenas com o interesse de denegrir sua imagem.

“Agradeço o espaço concedido pelo JH Notícias para esclarecer esses pontos e reitero meu respeito pela imprensa séria, sabemos que tem muita imprensa “marrom” em nosso estado, porém eles não irão tirar minha vontade de fazer história como deputado do estado de Rondônia”, finalizou Eyder Brasil.

A diplomação dos deputados eleitos acontecerá em solenidade no próximo mês de dezembro.

ASSISTA O VÍDEO

ESCLARECENDO – Deputado eleito Sargento Eyder Brasil permanece e afirma "fui alvo da imprensa marrom" – Víeo

O deputado estadual eleito Sargento Eyder Brasil (PSL), conversou com a equipe do jornal eletrônico JH Notícias sobre a recente decisão da Justiça Eleitoral, que negou o provimento de ação movida pelo Ministério Público Eleitoral – MPE, solicitando o indeferimento do registro de toda a legenda em decorrência do suposto não cumprimento do partido da exigência judicial da cota de mulheres.Nesta última terça-feira (13) o Tribunal Superior Eleitoral – TSE, decidiu mais uma vez manter a nominata do PSL em Rondônia, porém, indeferiu o registro de uma das candidatas, fato que gerou diversos boatos na imprensa sobre a permanência ou não de Eyder como deputado eleito.Mas, o deputado eleito esclareceu que não houve mudança nenhuma, e que ele apenas teria sido alvo de ataques de pessoas e veículos de comunicação intencionados em desestabilizar seu futuro mandato."O nosso DRAP já havia sido considerado regular pelo TRE e depois pelo próprio TRE, ontem foi votado um recurso do MPE, que mais uma vez foi negado pelas instancias superiores, o que significa que nosso mandato permanece, indo de encontro ao que algumas pessoas e alguns jornais de credibilidade duvidosa estão mencionando, obrigado ao apoio de todos e aos nossos amigos que estão juntos nessa luta pela mudança na política de nosso estado", afirmou o deputado eleito Sargento Eyder Brasil.Eyder ainda afirmou que está diariamente trabalhando para começar fazer a diferença na Assembleia Legislativa a partir do primeiro dia de seu mandato, que começa no dia 01 de fevereiro de 2018. Ele será o principal apoiador do governador eleito Marcos Rocha (PSL) dentro do Legislativo, levando as propostas e ações do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL).O respeito à imprensa também foi um dos pontos abordados por Eyder, que há pouco tempo atrás chegou a ser acusado de ter sido ofensivo com jornalistas rondonienses. Para ele, o que aconteceu foi justamente situações como essa, onde seu nome foi exposto de forma negativa apenas com o interesse de denegrir sua imagem."Agradeço o espaço concedido pelo JH Notícias para esclarecer esses pontos e reitero meu respeito pela imprensa séria, sabemos que tem muita imprensa "marrom" em nosso estado, porém eles não irão tirar minha vontade de fazer história como deputado do estado de Rondônia", finalizou Eyder Brasil.A diplomação dos deputados eleitos acontecerá em solenidade no próximo mês de dezembro.JH Notícias

Posted by JH Notícias on Wednesday, November 14, 2018

 

Fonte: JH Notícias

Comentários