Justiça decreta prisão preventiva de suspeito de matar casal no Bela Vista

6660
Geovana e Abrão, vítimas do duplo homicídio – Foto: Arquivo pessoal

A Justiça decretou a prisão preventiva de um suspeito de matar o casal Abrão Fernandes da Silva, 29 anos, e Geovana Assis Costa, 16 anos, na manhã de quinta-feira (13), no bairro Bela Vista, em Vilhena.

Wesley do Nascimento de Souza, 26 anos, que teria agido sozinho, está foragido. Segundo a investigação da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), de Vilhena, foi ele que atirou e matou o casal. Ainda segundo a polícia, Wesley pegou emprestado de um amigo o carro usado no duplo homicídio. Após a execução, uma câmera de vídeo-monitoramento instalada em um comércio próximo ao local do crime registrou a fuga do suspeito em um carro Fiat Uno, já apreendido pela polícia.

Mesmo com a identificação do suspeito, a polícia ainda busca a motivação do crime, já que Wesley mantinha vínculo de amizade com uma das vítimas.

O delegado Nubio Lopes de Oliveira, que apura o caso, pede para quem tiver qualquer informação sobre o paradeiro do envolvido, que denuncie tanto à Polícia Civil, no número 197, ou Polícia Militar (PM) pelo número 190.

TESTEMUNHA AJUDOU A IDENTIFICAR SUSPEITO

Polícia diz que o Fiat Uno de placa DZV-2594 foi o carro usado no crime.

Por várias horas o dono do veículo Fiat Uno, carro suspeito de ter sido usado no crime, prestou esclarecimentos na Unidade Integrada de Segurança Pública. No depoimento ele declarou ter emprestado, na manhã de ontem, o veículo para Wesley.

Comentários