Lutando contra doença rara, enfermeira de Cerejeiras morre na Capital

1270

A enfermeira Deisiane Serrath da Silva, 31 anos, faleceu na manhã de hoje, 03 de janeiro, em Porto Velho. Há dias ela estava internada, inclusive foi feita uma grande mobilização para doação de sangue no Cone Sul de Rondônia.

Deisiane era servidora do hospital São Lucas e também do sistema prisional de Cerejeiras. Querida por colegas e pacientes, a profissional desenvolvia sua função com amor e dedicação, não medindo esforços para fazer o bem ao próximo.

A moradora de Cerejeiras, lutava contra uma rara doença identificada como Behçet. Sua morte teve grande repercussão nas redes sociais.

Amigos se despediram com mensagens carinhosas e de agradecimento à enfermeira.

Doença de Behçet

A doença de Behçet é uma inflamação crônica dos vasos sanguíneos (vasculite) que pode causar feridas doloridas na boca e genitais, lesões na pele e problemas oculares. As articulações, sistema nervoso e o trato digestivo podem ficar também inflamados.

Fonte: Mídia Rondônia

Comentários