Notícia publicada às 18:28:25 - 18/10/2015 e lida: 4370 vezes   
    
  
  
Identificada mais uma vítima da chacina ocorrida na Fazenda Vilhena: Homem foi perseguido e morto dentro da mata
Corpo encontrado era de outro caseiro da fazenda.

Identificada mais uma vítima da chacina ocorrida na Fazenda Vilhena: Homem foi perseguido e morto dentro da mata
Identificada mais uma vítima da chacina ocorrida na Fazenda Vilhena: Homem foi perseguido e morto dentro da mata
Foto: VILHENA NOTÍCIAS

Por
Redação

Se trata de José Bezerra dos Santos, de 64 anos, a quinta vítima da chacina ocorrida na tarde deste sábado, 17 de outubro, na Fazenda Vilhena, localizada na linha 195, Gleba Corumbiara, próximo à estrada da farinheira, zona rural de Vilhena. José também era caseiro e trabalhava há vários anos na fazenda.

A reportagem do VILHENA NOTÍCIAS conversou com a filha de José. Ela que reside na Europa, lamentou muito a morte do pai. Em poucas palavras, Franciele disse que a família está arrasada.

José era irmão do também caseiro Arivaldo Bezerra dos Santos, de 55 anos, que foi baleado nas costas. O corpo do caseiro foi encontrado no sítio vizinho à fazenda na manhã deste domingo, 18, pela polícia. A vítima foi perseguida até o interior da mata e morta pelos pistoleiros.

Os três corpos carbonizados ainda aguardam identificação. A reportagem obteve informações oficiais que as investigações encontram-se em fase avançada e a polícia já tem o nome dos suspeitos. As policias Civil e Militar estão na região e trabalham em conjunto para elucidar o crime.

Uma testemunha ouvida pelos investigadores, disse que fez parte do grupo que ocupou a fazenda por algumas semanas. Ela disse que após a reintegração de posse, alguns dos posseiros voltaram ao local e começaram a arquitetar a execução. A equipe de jornalismo do VILHENA NOTÍCIAS continuará buscando mais informações acerca do caso.

 

 

FONTE: VILHENA NOTÍCIAS

 

 


 


 

 COMENTÁRIOS
 

ATENÇÃO: Comentários ofensivos e que façam a apologia a crimes serão ocultados. O internauta do VILHENA NOTÍCIAS que se sentir ofendido pode requerer a ocultação do comentário. A Constituição Federal permite a publicação do livre pensamento de qualquer cidadão, desde que não seja de forma anônima, por isso, comentários provenientes de perfis "fake" ou "falsos" podem ser ocultados e bloqueados. Comente, compartilhe sua opinião, mas de forma moderada.