Notícia publicada às 12:38:49 - 13/11/2017 e lida: 7167 vezes   
    
  
  
Mulher foi vista correndo com arma na mão, após disparos que mataram jovem em Vilhena
A morte foi causado por três tiros que atingiram a região do pescoço da jovem. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil de Vilhena.

Mulher foi vista correndo com arma na mão, após disparos que mataram jovem em Vilhena
Mulher foi vista correndo com arma na mão, após disparos que mataram jovem em Vilhena
Foto: Reprodução / Facebook

Por
Aline Rayane

A jovem Ramiciele Cristine Lopes Sastre, 19 anos, assassinada na noite do domingo, 12 de novembro, pode ter sido morta por uma mulher. De acordo com o relato de populares que estavam próximo à casa onde ela foi executada, cerca de cinco disparos foram ouvidos e logo em seguida uma mulher foi avistada saindo correndo do quintal da residência com um revólver na mão.

Leia: Ex-aluna da escola Zilda é morta com tiro na cabeça no bairro Embratel

Na casa onde aconteceu o crime moram o casal Thalison Igos Soares Paiva, 17 anos, e Andressa Michela da Costa, 23 anos, que contou à polícia que conhecem Ramiciele há algum tempo e que a jovem teria pedido para passar o fim de semana na casa dos dois. Segundo o casal, no início da tarde de domingo, eles estavam ouvindo música na área dos fundos da casa quando Ramiciele foi à cozinha, minutos depois ouviram os disparos.

Andressa, que está gestante, saiu pela lateral da residência e viu uma mulher de estatura alta e um homem de estatura mediana fugindo. Na cozinha, encontraram Ramiciele caída no chão.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e compareceu na residência, porém a vítima não resistiu aos ferimentos e morreu no local. A perícia constatou que a morte foi causada por três tiros que atingiram a região do pescoço da jovem.

Devido ao susto, Andressa precisou ser levada ao Hospital Regional antes mesmo da polícia chegar ao local. Ao saírem do hospital, o casal foi conduzido à Unidade Integrada de Segurança Pública (Unisp) onde a ocorrência foi registrada. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil de Vilhena.

 

 

 

FONTE: Vilhena Notícias

 

 


 


 

 COMENTÁRIOS
 

ATENÇÃO: Comentários ofensivos e que façam a apologia a crimes serão ocultados. O internauta do VILHENA NOTÍCIAS que se sentir ofendido pode requerer a ocultação do comentário. A Constituição Federal permite a publicação do livre pensamento de qualquer cidadão, desde que não seja de forma anônima, por isso, comentários provenientes de perfis "fake" ou "falsos" podem ser ocultados e bloqueados. Comente, compartilhe sua opinião, mas de forma moderada.