Notícia publicada às 16:13:14 - 12/03/2018 e lida: 1524 vezes   
    
  
  
Correntistas criticam implantação do leitor biométrico nos caixas eletrônicos do Banco do Brasil
Impossibilita que terceiros, mesmo com senha, tenham acesso à conta

Correntistas criticam implantação do leitor biométrico nos caixas eletrônicos do Banco do Brasil
Correntistas criticam implantação do leitor biométrico nos caixas eletrônicos do Banco do Brasil
Foto: Reprodução

Por
Renato Spagnol

Através de uma normativa de âmbito nacional o Banco do Brasil (BB) vem implantando nos últimos anos em seus Terminais de Autoatendimento (caixas eletrônicos), o sistema de leitor biométrico, no entanto, a medida anunciada como avanço tecnológico, não somente pelo BB, mas por outros bancos, tem causado irritação a centenas de clientes.

Em Vilhena, somente na semana passada, correntistas insatisfeitos enviaram mensagens ao Vilhena Notícias criticando o novo sistema

Na maioria das queixas, os clientes dizem que com a implantação da biometria apenas o titular pode acessar a conta. “Muitas pessoas executam procedimentos bancários para seus pais, esposas, filhos, idosos, etc... e com esse novo sistema isso fica inviável e só complica a vida das pessoas”, diz Flávio P. Monteiro, correntista do banco.

 

O QUE DIZ O BANCO

A reportagem conversou com Rodrigo Nogueira, diretor geral da agência local, segundo ele “a implantação da biometria é para dar mais segurança aos correntistas”, e hoje todos os oito terminais instalados no interior do BB em Vilhena funcionam com o leitor biométrico.

Já a Equipe BB Atende, que pode ser consultada através do Portal do banco na web, diz que “os clientes podem utilizar os Terminais que não dispõe do uso da biometria”, o que não é possível aos clientes de Vilhena, já que todos os caixas da agência local são equipados com o leitor. Ainda segundo a Equipe, o correntista poderá pedir o “cancelamento da tecnologia biométrica em sua agência de relacionamento. Assim, ao utilizar o terminal biométrico o código de acesso [senha do cartão] passará a ser solicitado”, entretanto, Nogueira esclarece que para isso é necessário que o cliente vá até sua agência, onde será feita uma anotação no cadastro de correntista para que o terminal não exija mais biometria.

“Existe alguns clientes que por alguma deficiência física ou outro problema na digital o leitor não consegue fazer a leitura adequada, e nestes casos o cliente pode optar pelo atendimento sem a biometria, se pode pedir para usar os caixas somente com o cartão e senha”, finaliza Nogueira.

 

 

FONTE: Vilhena Notícias

 

 


 



 COMENTÁRIOS
 

ATENÇÃO: Comentários ofensivos e que façam a apologia a crimes serão ocultados. O internauta do VILHENA NOTÍCIAS que se sentir ofendido pode requerer a ocultação do comentário. A Constituição Federal permite a publicação do livre pensamento de qualquer cidadão, desde que não seja de forma anônima, por isso, comentários provenientes de perfis "fake" ou "falsos" podem ser ocultados e bloqueados. Comente, compartilhe sua opinião, mas de forma moderada.