Pilotos relatam que aeronave se chocou contra copa de árvore; fotos

3645

O piloto Marcelo Balestrin e o co-piloto John Cleiton Venera, que ficaram quatro dias desaparecidos após a queda da aeronave em que estavam, relataram a familiares e amigos, após serem resgatados na última terça-feira (04), que o mau tempo causou a colisão do avião contra a copa de uma árvore, na região do Vale do Rio Cuiabá.

Edson Ribeiro, que é amigo de Marcelo há 12 anos, contou ao Olhar Direto que os pilotos disseram que “o mau tempo ocasionou o acidente. Estava muito ruim e a aeronave não é de navegação por instrumento, é de voo visual. Chegando aqui, estava muito fechado o tempo, eles não conseguiram ultrapassar e colidiram contra a copa de uma árvore”.

Os dois tripulantes ficaram desde sexta-feira (30) no local, até serem resgatados na última terça-feira (04), por equipes da Força Aérea Brasileira (FAB), que estava com duas aeronaves na região. Antes, o Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer) também deu apoio nas buscas.

O mau tempo, apontado como o principal fator para a colisão da aeronave, também foi o que atrapalhou os trabalhos de resgate. As buscas tiveram que ser interrompidas diversas vezes por conta da forte chuva e densa neblina na região.

Edson também aproveitou para, em nome da família dos pilotos, agradecer o apoio de toda a população: “Nós tivemos um retorno muito bom. Quero agradecer a todos que nos ajudaram. As informações que nos repassaram, municiaram a FAB na procura pela aeronave. Foi bastante positivo”.

Os dois pilotos passaram por cirurgias, por conta das fraturas que sofreram com a queda da aeronave. Imagens disponibilizadas pela FAB mostram o avião preso na copa da árvore contra a qual bateu.

Vídeos que circulam pelas redes sociais mostram a chegada dos pilotos Marcelo Balestrin e John Cleiton Venera a Cuiabá, quatro dias após os dois terem desaparecido após a queda de uma aeronave de pequeno porte. Eles foram resgatados com vida por equipes da Força Aérea Brasileira (FAB).

Em uma das imagens é possível ver um dos pilotos, não identificado, sendo trazido pelos militares da Força Aérea Brasileira (FAB) até uma unidade do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

A aeronave teria decolado de Pimenta Bueno (RO) e teria como destino Santo Antônio do Leverger, na sexta-feira (30).

Segundo dados da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), o avião é um modelo 182P, Cessna Aircraft, fabricado em 1972, pertencente a Wilson Cheris Vera e que está com o certificado de aeronavegabilidade cancelado, em situação irregular.

 

Com informações do jornal Olhar Direto

Comentários