PM prende suspeitos de assaltos a empresas de Vilhena

Moto usada no assalto ao mercado Bela Vista foi apreendida.

6495
Suspeitos Adriano (à esquerda) e Renan – Foto: Carlos Mont Serrat

Policiais militares efetuaram a prisão de Adriano dos Santos Barbalho, 23 anos e Renan Silva de Lima, 28 anos, nesta quarta-feira (07), em Vilhena. A dupla é suspeita de ter praticado diversos roubos à mão armada na cidade, entre eles, o assalto a um mercado do bairro Alto Alegre, na tarde de ontem.

Segundo a PM, a moto usada pela dupla para cometer os roubos foi encontrada escondida em um conjunto de apartamentos no bairro Bela Vista, e minutos depois, o suspeito Adriano foi preso. Já Renan Lima foi encontrado poucas horas antes, caminhando a pé na rua 916, próximo ao conjunto habitacional Assaí (Cohabinha). Após a prisão a dupla confessou a autoria de diversos crimes e, ainda, que tinham adulterado a placa da Honda Bros para praticar os assaltos. A moto também era produto de roubo.

Adriano dos Santos Barbalho cumpria pena em regime semiaberto com uso de tornozeleira eletrônica. Ele que possui 8 anos de condenação por tráfico de drogas e posse irregular de arma de fogo, confessou à polícia que isolava a tornozeleira com papel alumínio para impedir que o aparelho emitisse sinal. O outro suspeito, Renan Silva de Lima tem condenação de 12 anos por cometer roubo à mão armada, furto e ameaça. Ele cumpria pena em regime semiaberto com uso de tornozeleira eletrônica, mas quebrou o aparelho e passou à condição de foragido de Justiça em 25 de outubro deste ano.

Para a polícia, Adriano e Renan são os autores da onda de assaltos que aterrorizou os vilhenenses nas últimas semanas. A dupla deverá voltar ao regime fechado para cumprir o restante da pena.

A arma usada pelos criminosos nos assaltos não foi encontrada.

Comentários