Por tentar matar um ‘ex-colega’ de cela, jovem de 22 anos é condenado à prisão em Vilhena

495
Foto – Renato Spagnol/Vilhena Notícias

Yuri Richard Rosa Marques, 22 anos, foi condenado a nove anos e quatro meses de prisão nesta quinta-feira (6), pelo crime de tentativa de homicídio contra Elias Pereira de Jesus, que sobreviveu após levar um tiro. O crime aconteceu em 2017 no bairro Jardim Primavera, em Vilhena, e foi motivado por uma desavença entre a vítima e réu no período em que ambos cumpriram pena no Centro de Ressocialização Cone Sul, em Vilhena.

Yuri está preso desde o dia seguinte ao crime.

 

Acerto de contas

Em 2015 Yuri e Elias foram presos e condenados por espancar o vigia de uma escola pública, para roubar. Durante o cumprimento da pena, a dupla se desentendeu e Yiuri deu uma facada em Elias.

Dois anos depois, já fora da penitenciária, Yiuri deu um tiro em Elias, que sobreviveu. Em depoimento à polícia na época, o atirador disse que fez o ataque para revidar às ameaças que sua família vinha sofrendo do ex-colega de detenção.

A sentença condenatória foi lida pelo juiz Andresson Cavalcante Fecury.

Comentários