Rosangela Donadon se manifesta e diz que nunca correu risco de perder o mandato

245

Por meio de sua assessoria, a deputada estadual reeleita, Rosangela Donadon, do PDT, se manifestou nesta quinta-feira (08) para dizer nunca correu risco de perder o mandato. A manifestação da parlamentar é em virtude da notícia divulgada nas últimas semanas por parte da imprensa rondoniense, que ela poderia perder o mandato do próximo quadriênio, a partir de 2019, caso um recurso do Dr. Ferrari, candidato impugnado ao cargo de deputado estadual nas eleições gerais deste ano, fosse deferido pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

A deputada Rosangela Donadon lamenta a publicação e propagação de matérias, que segundo ela, visam de alguma forma, colocar o eleitor a questionar o processo eleitoral.

 

Veja abaixo nota enviada para a imprensa:

1 – O sistema político partidário vigente no Brasil, estabelece o cálculo do quociente eleitoral pela média. Dos sete deputados que conseguiram a titularidade pelo referido cálculo, a vaga do PDT se reservou a uma única parlamentar, por não ter feito coligação com outros partidos e em razão de ter obtido a maior votação deste partido para o cargo pleiteado, sendo assim, absoluta e reservada a Deputada Rosangela Donadon que obteve 9.053 votos, o PDT obteve nessas eleições a sexta maior média com 29.033 pontos, ficando assim a coligação PMN, PSC, e PCdoB para trás, com 27.500 pontos.

2 – O deputado que alcançou a última média foi Jean Mendonça, com a pontuação de 27.396.

3 – Posteriormente, com o deferimento do registro pelo TSE do candidato pertencente à coligação PMN, PSC e PCdoB, Geraldo de Rondônia alcançou a última maior média [sétima vaga por média], com 27.500 pontos. A mudança pela última cadeira [Geraldo por Jean Mendonça], no entanto, ainda precisa ser efetivada pelo TRE, por meio de nova totalização dos votos.

4 – Assim, os votos do candidato Dr.Luiz Ferrari, ao contrário do afirmado pela reportagem em referência, caso fossem contabilizados para sua coligação, não teria lógica baseada em cálculos e somatórias referentes a esta matéria, de afetar o mandato da Deputada Rosangela Donadon, por simples questão matemática, seria ilógico o partido PDT perder esta vaga.

5 – Somente a título de exemplo, caso os 7.073 votos obtidos pelo Dr. L

Comentários