Em cidade do Cone Sul, servidores municipais terão revisão salarial de 34,95%

No legislativo correção chega a 28,66%.

3260
Foto – Sindsul

Servidores públicos municipais de Pimenteiras do Oeste terão uma revisão salarial de 34,95%. A decisão saiu após uma reunião entre políticos locais e a diretoria do Sindicato dos Servidores Municipais do Cone Sul de Rondônia (Sindsul), que esteve no município na segunda-feira (05) para intermediar a vitória para os servidores, tanto do executivo quanto do legislativo.

A confirmação veio por meio da aprovação, por unanimidade, do Projeto de Lei que dispõe sobre a Revisão Salarial Anual dos servidores efetivos, considerando o índice do IPCA (Índice de Preços ao Consumidor), apurados no período de janeiro de 2012 a dezembro de 2016.

Assim, os valores chegaram ao percentual de 34,95% para os servidores do quadro do Poder Executivo e 28,66% para os que atuam no Legislativo. O valor desse último é menor, visto que a reposição efetuada neste ano foi diversa, sendo que o Executivo somente concedeu os valores das perdas de 2017 (2,95%), já o Legislativo dos anos de 2016 e 2017 (9,25%).

A elaboração do Projeto de Lei se deu após tratativas entre o Sindsul, vereadores e o prefeito do município de Pimenteiras, o senhor, Olvindo Luiz Dondé, que, assim como os Edis daquela municipalidade, se prontificaram à aprovação.

Os novos valores passarão a valer a partir de 1º de janeiro de 2019.

O prefeito do município, “Vino Dondé”, foi enfático ao dizer que o Sindicato ‘abriu seus olhos’ para a situação vivida pelos servidores e chegou a pedir aos servidores que ainda não são filiados ao Sindsul que se filiem. “Foi de grande valia a vinda do Sindicato para o nosso município e assim como o presidente desta Casa de Leis eu peço que vocês que já são filiados levem a mensagem aos que não são; se filiem”, disse o mandatário municipal.

O presidente do Sindsul, Wanderley Ricardo Campos, disse que essa é mais uma das tantas batalhas a serem vencidas. “O servidor em geral não é valorizado como de direito. O papel do Sindicato é exatamente esse, o de mostrar de fato o quanto as vezes somos deixado de lado. Fico feliz que o prefeito e os vereadores tenham tomado ciência e aprovado o projeto. Digo aos servidores de Pimenteiras do Oeste que não acabou. Essa é somente nossa primeira vitória por aqui, outras virão” declarou o presidente.

Em tempo, o terno de autoridades, Sindsul, Legislativo e Executivo trataram sobre a questão dos Agentes Comunitários de Saúde (ACS). Esse grupo, não foi contemplado pelo Projeto atual, porém, o prefeito se comprometeu em averiguar a situação e ainda fazer a mudança do quadro jurídico para o Estatutário.

 

Fonte: Informações da Assessoria do Sindsul

Comentários