Mãe é presa após desenterrar corpo do filho de dois meses no interior de Pernambuco

Após violar o caixão, ela levou o corpo do bebê até a maternidade da cidade e implorou para que a equipe médica ressuscitasse o filho

4520

Há cerca de 20 dias um caso inusitado foi registrado no interior de Pernambuco. Uma mulher de 32 anos foi presa após desenterrar o corpo do filho de dois meses na cidade de Gameleira.

O caso que chocou a cidade aconteceu na madrugada do dia 7. A mulher pulou o muro do cemitério e violou o caixão abrir a cova usando as mãos. A criança tinha sido sepultada na noite anterior após morrer por suspeita de infecção.

Sem aceitar a morte do filho, a mulher colocou o corpo da criança nas costas e percorreu as ruas da cidade durante a madrugada até parar na maternidade municipal, que funciona durante 24 horas. Acionada pelo Conselho Tutelar, uma equipe da Polícia Militar encontrou a mãe dentro de uma ambulância com o falecido bebê em seu colo.

Após conversar com ela, os policiais conseguiram convencê-la a entregar o corpo da criança aos profissionais de saúde. O cadáver foi colocado no necrotério da maternidade.

Publicidade

Em nota, a PM informou que a mãe do bebê foi levada para a Delegacia de Plantão de Palmares. O delegado seccional da cidade, Frederico Marcelo, confirmou a autuação em flagrante por crime de vilipêndio a cadáver e que ela seria encaminhada a uma audiência de custódia. A assessoria de comunicação do Tribunal de Justiça de Pernambuco informou que a mulher foi liberada e irá responder ao processo em liberdade.

Fonte: TV Pernambuco

Comentários