Com 11 motoristas concursados, prefeitura envia marido da vice para buscar ambulância no Paraná

Sergio Maurício de Souza, conhecido como “Corinho”, é o atual chefe de gabinete da Prefeitura de Pimenteiras, com salário igual ao dos secretários.

6455

Denúncias sobre a farra de diárias por parte da administração municipal de Pimenteiras do Oeste é o que não faltam. Dessa vez, o ato tomou proporções maiores. A denúncia chegou até o Vilhena Notícias na manhã desta sexta-feira, 26 de abril, através de um morador de lá que se indignou ao saber da “viagem”.

Munido de impressões feitas no Portal de Transparência que comprovam sua denúncia, o rapaz apresentou o seguinte fato. Mesmo a prefeitura do menor município do Cone Sul ter em seu quadro de funcionários na área da saúde 11 (onze) motoristas concursados, a administração decidiu enviar o companheiro da vice-prefeita (Valéria Garcia) para buscar uma ambulância adquirida pelo município na cidade de Marialva-PR, recebendo seis diárias que somam R$ 2.400,00 e mais R$ 2.000, 00 (adiantamento) que seriam para abastecer o veículo, porém, poderiam ser gastos com qualquer outra coisa.

Não bastasse a incúria, a vice-prefeita acompanhou seu cônjuge na viagem. O denunciante afirma que ela possui um filho na cidade de Ponta Porã, estado sul-mato-grossense. Eles teriam usado o percurso para visitar o universitário, fora da rota de origem.

O documento datado de 22 de abril, narra que o período da viagem é de 23 (última terça-feira) a 28 do mês presente (próximo domingo).

Publicidade

Através do portal, constata-se que o atual prefeito Olvino Luiz Dondé (Vino Dondé/PDT), mantém nomeado o filho Marcelo Dondé como secretário municipal de Saúde. Antes de receber a canetada em seu favor, Marcelo era motorista da mesma pasta, com salário de R$ 1.123,21. Mas há um ano, na nova função, embolsa mensalmente quase o triplo: R$ 3.500,00.

O prefeito está na mira do Ministério Público por essas nomeações e pode responder pelo crime de nepotismo.

Comentários