13500

DIA DE CÃO: Vilhenenses passam por calor, fumaça, fedor e quedas de energia nesta quarta-feira

Foto: Ezio Martins

O dia de 04 de setembro de 2019 vai ficar marcado como um dia “sofrido” ou de “Dia de cão” para os vilhenense que passaram por várias intempéries durante todo o dia. Nesta quarta-feira, a maior temperatura registrada na cidade foi de 36º C durante a tarde. Por volta das 17h00 pode-se sentir uma fumaça no ar que durou quase uma hora e deu lugar a um odor fétido de origem animal. E por fim, moradores de vários bairros reclamaram de quedas e variações de energia por toda a cidade.

Para hoje a previsão do tempo mostra que a temperatura deverá se manter alta, mas com uma máxima de 33ºC e que poderá até chover no final da tarde.

Em relação a fumaça, a cidade está cercada de pequenas porções de matas e grandes extensões de terras apenas com mato, e tem-se percebido que nesses dias as queimadas, frequentes nessa época, estão reduzidas a pequenos focos, mas que mesmo assim, acabam sufocando os vilhenense por conta do vento e também quando não são controlados.

Muitos proprietários rurais tem tomado a iniciativa de combater os incêndios, tão logo percebem que ele acontece nas proximidades ou dentro de suas propriedades.

Publicidade

ODOR FÉTIDO

Em contato com o Ministério Público, o VILHENA NOTÍCIAS, foi informado que o órgão está fazendo uma grande investigação em todos os possíveis locais, que possam gerar este odor no ar. O que segundo atrapalha as investigações é a velocidade do vento, que pode trazer esse odor de muito longe para dentro da cidade.

Muitas pessoas chegaram a apontar o frigorífico do JBS instalado na cidade como causador, no entanto, a hipótese foi descartada após investigação, outros locais apontados por especialistas como engenheiros agrônomos pode ser os confinamentos de gado existentes em torno da cidade, que já estão sendo investigados pelo MP também.

Ao que parece, o odor vem de longe e geralmente tem hora marcada para entrar na cidade. É uma constante que o odor apareça em torno das 18h00 e persista forte até às 23h00. Mas há dias que o fedor acontece pela manhã também, como neste 05 de setembro.

QUEDAS DE ENERGIA

O VILHENA NOTÍCIAS entrou em contato com a Energisa, para saber sobre as várias oscilações de energia ocorridas ontem em alguns bairros da cidade. Porém, após duas horas a empresa retornou dizendo que a assessoria de comunicação enviaria uma nota à imprensa sobre os problemas. No entanto, em contato com um supervisor, o mesmo disse que o problema foi por causa de uma sobrecarga de um alimentador e que está sendo corrigida ainda hoje.

Moradores relataram ao site e nas redes sociais que constantes quedas de energia, oscilações e mudanças de fase ocorreram por volta das 18h30, em alguns bairros como Embratel, São José, Orleans, Alphaville, Cristo Rei, 5ºBEC, Vila Operária e entre outros.

Não sabe ao certo qual o motivo dos problemas de distribuição de energia, mas os clientes da Energisa estão preocupados com a queima de aparelhos e já desligaram os mesmos da tomada.

Baseado nas informações obtidas pelo site, sobre todos os problemas enfrentados pelos vilhenense ontem, a mesma situação pode acontecer hoje e também por toda semana, a acessão das oscilações, que segundo a Energisa devem ser solucionadas.

Comentários