VILHENA: Empresa perde quase R$ 7 mil ao ter conta no Bradesco invadida por hackers

6930

Uma empresa do ramo de transportes de Vilhena teve sua conta no banco Bradesco invadida por hackers no começo deste mês, onde os invasores fizeram empréstimos e pagaram contas junto aos governos estaduais de Goiás e Santa Catarina.

O empresário que falou com o VILHENA NOTÍCIAS relatou que seu dinheiro foi ressarcido pelo banco, no entanto, os valores pagos aos governos estaduais não são devolvidos ao banco pelos governos, já que se trata de impostos e taxas.

“O caso é perigoso e os empresários e correntistas devem tomar cuidados com os e-mails e arquivos que abrem, tanto no celular como nos computadores das empresas”, disse o empresário do ramo de transportes.

Vários casos estão sendo divulgados pelo país, onde hackers se oferecem para pagar dívidas de empresários, e ao invadirem contas de pessoas e empresas tomam empréstimos eletrônicos e rapidamente quitam as dívidas de seus contratantes.

Recentemente uma professora de Vilhena foi vítima no Banco do Brasil e perdeu mais de R$ 23 mil (VILHENA: PROFESSORA TEM CONTA DO BB INVADIDA E PERDE MAIS DE R$ 23 MIL)

Comentários