Oficina gastronômica alcança merendeiras da rede pública de ensino

745

A oficina gastronômica realizada na quarta-feira, 17 de julho, no Espaço Gourmet do CTC Sicoob Credisul, alcançou 26 merendeiras da rede pública de ensino, 11 da estadual e 15 da municipal. No evento, que faz parte da programação do 3º Sicoob Sabor – Festival Gastronômico e Cultural de Vilhena, as cozinheiras puderam aprender com o chef Pedro Bagattoli novas receitas para serem incorporadas ao cardápio das escolas.

A proposta da oficina, que acontece em todas as edições do festival, é levar conhecimentos técnico para melhorar a alimentação escolar de crianças e adolescentes, tendo como base o 7º princípio do cooperativismo, que é contribuir para o desenvolvimento sustentável
das comunidades, gerando benefícios sociais e econômicos não apenas aos seus associados, mas para toda a sociedade. Outro objetivo é valorizar as profissionais por sua dedicação à nobre função de zelar pela alimentação saudável dos estudantes.

Este ano, as nutricionistas da rede escolar indicaram ao chef alimentos que fazem parte das refeições escolares. A partir daí ele sugeriu quatro receitas: moqueca de tilápia, purê de batata doce, omelete de tapioca e fígado acebolado. “Essas receitas são algumas ideias, elas podem ser modificadas e adaptadas com outros ingredientes, por exemplo, conforme o conhecimento e a criatividade de vocês”, explicou o chef às merendeiras.

As merendeiras acompanharam todo o preparo, tiraram dúvidas, trocaram sugestões e, ao final, saborearam os pratos. Além das merendeiras, a nutricionista e a técnica de nutrição da SEMED – Secretaria Municipal de Educação de Vilhena, Luciane Dalazem e Daiane Stasczasc, e a nutricionista da SEDUD – Secretaria Estadual De Educação de Rondônia, Sâmia Silva de Souza, participaram da oficina.

Comentários