16200

Advogado é encontrado morto com tiro na cabeça em Porto Velho

O advogado Francisco José Gonçalves de Camargo Filho, 38 anos, morreu com um tiro de pistola 380 disparado por ele mesmo contra a cabeça.

O caso aconteceu na madrugada deste domingo em um condomínio localizado na avenida Tiradentes, em Porto Velho. Segundo o boletim de ocorrência policial, o advogado teria bebido com a esposa de 37 anos e, ao retornarem para casa, o casal discutiu.

Francisco Camargo trancou-se no quarto e a mulher ouviu um disparo. Ela chamou um amigo da família, delegado de polícia, que arrombou a porta e encontrou o advogado caído ao lado da arma.

Há pouco mais de um ano, Rolanda Jakobi, mãe do advogado, faleceu de insuficiência renal.

Publicidade

Francisco era reconhecido por todo o estado, e chegou a advogar para a loja Gazin, cartórios de notas e por várias grandes empresas de Rondônia.

 

Em solidariedade ao caso o VILHENA NOTÍCIAS mostra um vídeo de campanha de conscientização:

Comentários