Homem é preso após invadir área do Exército para roubar armas em Colorado

O Exército não quis comentar as condições de segurança da unidade Tiro de Guerra.

1875
Reprodução

A unidade Tiro de Guerra (TG), do Exército Brasileiro foi invadida por dois homens encapuzados e armados na madrugada desta segunda-feira (13), em Colorado do Oeste. Os criminosos renderam os atiradores que faziam guarda no local e em seguida foram até o depósito de armas e munições, mas a tentativa de roubar o armamento acabou frustrada porque um subtenente instrutor do TG conseguiu acionar a Polícia Militar.

Um dos suspeitos foi identificado como Alexandro Alves da Silva, 34 anos. Ele e o comparsa fugiram da unidade antes que a polícia chegasse, porém foi preso na BR-435 quando tentava deixar a cidade em um automóvel. Em depoimento aos militares, ele confessou ter arquitetado a invasão do alojamento para roubar armas e munições. No carro dele, os policias apreenderam aparelhos celulares roubados no alojamento.

O outro suspeito foi identificado como Danilo Junior Nazaré Santos, 29 anos. Ele conseguiu fugir e é procurado pela polícia.

O Exército não quis comentar as condições de segurança da unidade Tiro de Guerra.

Comentários